estoque parado

Estoque parado, entenda os prejuízos e como evita-lo.

Dentre todos os problemas causados pela falta de planejamento de um negócio, o estoque parado talvez seja o pior.

Para controlar devidamente a entrada e saída de produtos, é necessário desenvolver uma logística precisa. Perdas no estoque são prejuízos financeiros diretos e dificultam a gestão como um todo.

Para ajudá-lo a erradicar esse problema, separamos algumas dicas. Leia até o fim e veja quais são as causas e como evitar um estoque parado!

Evite a perda de produtos

Algo simples como a data de validade de produtos perecíveis pode bagunçar todo o seu estoque. Provavelmente, você já sabe disso, mas tem alguma metodologia apropriada para organizá-los da melhor forma?

Dependendo do tipo de produto que você comercializa, entradas e saídas de estoque podem ser intensas. Se for esse o caso, você precisará de métodos organizacionais muito rígidos para acabar com o desperdício de produtos.

Gaste algum tempo para criar esses métodos, discuta com o seu gerente de estoque, faça testes e ajustes e dê treinamento aos colaboradores. Todos devem saber como lidar com o problema.

Previna o endividamento

A gestão de estoque pode ser desafiadora do ponto de vista financeiro. Por exemplo, é muito tentador adquirir produtos apenas porque estão em promoção ou, ceder a propostas de venda baseadas em melhores condições de pagamento.

Mas, uma vez constatado o problema desses produtos encalhados no estoque, as dores de cabeça começam.

Eles ocupam um espaço precioso e, caso sejam perecíveis, gerarão prejuízo mais cedo ou mais tarde. Seja modesto nas compras — adaptando-as ao fluxo real do seu estoque — e previna o endividamento.

Fuja dos custos com manutenção

A manutenção de estoque é responsável por boa parte dos custos gerais com logística. Complexa e dispendiosa, essa tarefa é muitas vezes terceirizada pelas empresas.

No entanto, como veremos, os custos com manutenção de estoque seriam muito mais bem aproveitados se fossem transferidos para a contratação de um software em nuvem. Esse tipo de tecnologia resolve problemas logísticos, financeiros, administrativos e diversos outros.

Emita relatórios

Tenha acesso aos números mensais que o seu estoque produz: quais produtos tiveram maior saída e quantas unidades, o que foi comprado e como essas novas aquisições afetam o alojamento das antigas etc.

Só assim será possível realizar intervenções que realmente façam diferença, gerando economia em médio e longo prazos.

Realize promoções

Com base nesses relatórios, ficará muito mais fácil avaliar a permanência ou não de determinados itens. Caso eles fiquem encalhados, você saberá qual é o momento exato de realizar promoções.

Muitas vezes, vale a pena até os vender a preço de custo, de modo a recuperar o espaço valioso que ocupam.

Recorra à tecnologia

A tecnologia é fundamental em todas as etapas da gestão de estoque. Você pode usar para gerar relatórios, diminuir custos com manutenção, mensurar a rotatividade dos produtos, evitar perdas, endividamento e muito mais.

O tempo do gestor é um elemento precioso para o crescimento da empresa. Evite gastar o seu fazendo a gestão manual do estoque. Isso fatalmente resultará em estoque parado e prejuízos que um software poderia evitar facilmente.

Assim como em qualquer outra área de um negócio, a gestão de um estoque parado depende de um planejamento cuidadoso e muita disciplina na execução. Esperamos que nossas dicas tenham sido o primeiro passo para você se organizar e disciplinar.

Se quiser saber mais sobre gestão de estoque, vendas e outros assuntos relacionados, não deixe de assinar nossa newsletter. Você será avisado toda vez que artigos como este aparecerem!

Powered by Rock Convert

Quer saber mais sobre gestão e vendas? Assine nossa newsletter!

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.