Gestão de pagamentos

Gestão de pagamentos: confira um passo a passo para uma gestão eficiente

Um dos principais desafios de qualquer empresa é manter seu negócio lucrativo. Para isso, além de uma boa estratégia de vendas, é fundamental cuidar da parte financeira, realizando uma gestão de pagamentos eficiente.

Esta atividade tem como objetivo garantir que todas as dívidas da empresa sejam pagas dentro de seus prazos e de forma otimizada, evitando multas e garantindo que o capital do negócio seja bem utilizado.

Pensando nisso, criamos um passo a passo para que você consiga fazer a gestão de pagamentos de forma eficiente, evitando problemas que prejudicam a saúde financeira do negócio. Confira!

1. Comece com um planejamento financeiro

O primeiro passo para fazer uma boa gestão de pagamentos é realizar um mapeamento de todas as despesas fixas e variáveis da empresa. Isso inclui itens como:

  • fornecedores;
  • estoque;
  • aluguéis;
  • equipe;
  • infraestrutura;
  • campanhas de marketing e vendas.

O ideal é que todo o orçamento seja controlado e aprovado por profissionais de finanças. Assim, o capital disponível é investido de forma eficiente, sem deixar que contas importantes sejam esquecidas.

2. Estabeleça métricas de acompanhamento

Outra prática importante é estabelecer métricas para acompanhar os gastos da empresa. Dessa forma, é possível realizar previsões para os orçamentos futuros, minimizando as chances da empresa ficar sem capital para quitar suas dívidas em dia.

Uma dica é acompanhar não apenas os custos da empresa e estabelecer limites, mas também monitorar as entradas. Essa análise permite identificar problemas com antecedência.

3. Defina processos de pagamento

Em muitos casos, é comum que em algum momento o capital disponível não seja compatível com as despesas a pagar. Nesse momento, é importante saber avaliar e priorizar os pagamentos, minimizando os prejuízos para o negócio.

Além disso, é indicado que a empresa tenha um processo claro para lidar com fornecedores em caso de atrasos, fazendo a alteração do prazo ou negociando condições especiais de pagamento.

Em outro sentido, também é importante estabelecer uma estratégia de precificação eficiente, que possa agregar valor ao seu produto e sedimentar a base necessária para que o ROI (retorno sobre investimento) seja positivo.

4. Crie um calendário financeiro

Com as informações coletadas sobre as despesas da empresa e suas datas de vencimento, é importante que a equipe responsável crie um calendário financeiro. Assim, é possível visualizar de forma eficiente a situação.

O calendário também minimiza as chances de que contas sejam esquecidas, o que pode levar a problemas como multas ou outros custos desnecessários para o negócio — como atraso na entrega de mercadorias, por exemplo.

5. Utilize ferramentas de automação

Por fim, é indicado que a empresa invista em ferramentas de automação para a gestão de pagamentos. Um software especializado no assunto permite que todas as dicas anteriores sejam realizadas de forma otimizada e eficiente, facilitando o trabalho da equipe.

Uma plataforma de qualidade oferece diversos benefícios para a empresa, como a integração com outros sistemas do negócio, redução de erros manuais e automatização de tarefas — como o pagamento de dívidas, por exemplo.

Fica evidente que a gestão de pagamentos é uma prática importante para a saúde financeira de qualquer empresa. Assim, aquelas que desejam aumentar suas chances de sucesso e manter um negócio lucrativo, devem seguir essas dicas.

Agora que você já sabe como fazer uma boa gestão de pagamentos, confira os motivos para investir num software de gestão comercial e como essa ferramenta contribui para o sucesso do seu negócio!

Powered by Rock Convert

Quer saber mais sobre gestão e vendas? Assine nossa newsletter!

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.